Moradia Estudantil

Após a conclusão do ensino médio é o momento de se preparar para a entrada na faculdade e além do processo seletivo existe outra preocupação tão importante quanto: onde morar.

A localização, o ambiente e diversos itens atrelados a esse assunto são questões importantes e podem ser decisivas no desempenho do estudante durante seu período de curso na universidade.

O ideal para muitos pais e alunos é sempre aliar proximidade ou fácil acesso a faculdade com a estrutura necessária para que fora de sala de aula seja possível manter um cronograma de estudos e atividades extra-curriculares com qualidade.

Existem diversas opções no mercado, desde a locação de quartos em apartamentos ou repúblicas até pensionatos e moradias estudantis. Todos os fatores listados devem ser analisados no momento da pesquisa em cada uma dessas opções.

A moradia estudantil destaca-se dos outros modelos e vem de um conceito já consolidado no exterior que dispõe de organização, estrutura, regras pré-definidas e agenda de atividades que prezam pelo bom convívio e pelo bom desempenho dos moradores em suas respectivas rotinas acadêmicas.

Em geral as moradias estudantis são administradas por uma empresa que visa através de contratos curtos e sem a necessidade de fiador locar quartos já mobiliados podendo ser estes compartilhados ou privados. Além disso os estudantes tem a sua disposição espaços de convivência, academia, áreas de lazer e outros ambientes.

No entanto muitos universitários ou pré-universitários quando procuram por um lugar para morar, por vezes confundem república com moradia estudantil. Conheça a diferença entre ambas.

República Estudantil e Moradia Estudantil, qual a diferença?

A república estudantil também conhecida como apenas "república" são casas ou apartamentos divididos por estudantes com regras estipuladas pelos próprios moradores. O procedimento para a formação da república é muitas vezes informal, tais como os acordos de pagamento de aluguel e da disposição das acomodações e espaços disponíveis.

Embora exista uma certa organização, muitas vezes a falta de normas claras acabam por gerar conflitos ou prejudicar a convivência entre os residentes principalmente em temas relacionados a manutenção ou privacidade dos moradores.

Já a moradia estudantil, possui regulamentações claramente determinadas por instituições privadas para garantir a harmonia entre os estudantes em todos os seus espaços, sejam eles comuns ou particulares.

Basicamente esse formato diferentemente da república foi desenvolvido para universitários desde a recepção do prédio até toda a ambientação dos quartos, salas de estudo, áreas de lazer e muitos outros, garantindo segurança e organização para o desempenho de suas atividades.

Pesquise bem para encontrar a moradia estudantil adequada

Para garantir tranquilidade e segurança em sua escolha, pesquise bem antes de se mudar e sempre que possível, visite a moradia, tire todas as suas dúvidas e verifique se há proximidade ou fácil acesso a transporte público para chegar a sua faculdade.

Revise bem o contrato e se houver necessidade, peça a ajuda de um advogado especializado na área para não haver nenhum questionamento até o momento da assinatura.

Nós da Share Student Living temos unidades com espaços disponíveis na região da Consolação e do Butantã em São Paulo.

Se você vai estudar próximo a essas regiões e precisa de um local seguro, com toda estrutura desenvolvida especialmente para estudantes fale conosco e conheça o empreendimento que será decisivo para o seu futuro profissional.

Conheça alguns dos nossos artigos sobre moradia

Faça parte da galera Share.

Últimas vagas para 2019, garanta a sua!