Intercâmbio acadêmico

Intercâmbio acadêmico

Sair do país por um tempo e estudar em uma universidade do exterior por um semestre, um ano ou mais, é possível!

É uma opção para se aprimorar durante o curso, enriquecer o currículo, aprender um novo idioma ou até participar de projetos de pesquisa no exterior. Além disso, essa experiência vai além da esfera acadêmica e será uma experiência incrível para sua vida.

Saiba alguns passos para começar a pensar no intercâmbio acadêmico.

Selecione a universidade

O primeiro passo é fazer uma pesquisa online, sobre as possíveis universidades no exterior que oferecem o que você busca. Lembre-se que muitas universidades brasileiras já possuem convênios com universidades estrangeiras e que isso pode facilitar seu intercâmbio.

Pesquise, liste todas e veja o que cada uma delas exige. Esse é o primeiro passo para um intercâmbio acadêmico.

Idioma

A segunda dica é começar tudo com antecedência. Há vários documentos a serem providenciados e, para isso, você vai precisar de tempo. Além disso, na maioria dos casos, será preciso se preparar para o exame de proficiência ou certificação do idioma para a faculdade pretendida.

Dessa forma, é preciso estar preparado para o Test of English as a Foreign Language TOEFL ou para outro tipo de teste que seja solicitado pela universidade de interesse. Você precisa começar com essa preparação muito antes de se candidatar para a faculdade.

Documentos

Outro passo importante é fornecer o histórico acadêmico, carta de aceite, recomendação e outros documentos no idioma do local no qual você pretende estudar.

Por exemplo, se você cursa medicina veterinária e pretende ir para a Alemanha, para aprimorar os conhecimentos em animais de grande porte, providencie os documentos em alemão. Se a ideia for ir para o Canadá ou Estados Unidos, o histórico deve ser traduzido para inglês e assim por diante.

Essa solicitação deverá ser feita para a universidade brasileira e pode demorar, pois alguns documentos precisam ser assinados pelos professores. Por isso, é preciso fazer o procedimento com antecedência e deixar tudo pronto para evitar que perca a matrícula por falta de documentos.

Calendário

Com tudo providenciado, fique atento ao período de inscrição online. Cada universidade tem as suas regras e prazos, contudo, boa parte delas abre inscrição entre os meses de setembro, novembro e dezembro.

Orçamento

Por último e não menos importante, o orçamento do seu intercâmbio deve ser feito com cuidado e contemplar tudo o que for preciso para morar em outro país. Se você pensa que o custo com a passagem aérea e moradia são os únicos importantes, você pode ter problemas financeiros.

Há diversos custos que devem ser levados em conta como: seguro viagem, alimentação, gastos com saúde, faculdade e deslocamentos.Peça a ajuda para pessoas que já fizeram intercâmbio para o país que você pretende ir e entenda quais custos poderá ter.

Gostou das dicas? Esse é um princípio para começar a pensar no seu intercâmbio. Se quiser ajuda para buscar um residencial fora do Brasil, fale com a gente!

Share

Share Student Living

Leia também:

Bairro Consolação: 10 lugares para você visitar

Estudar horas e horas seguidas, virar a noite sem dormir para se dedicar totalmente aos estudos e mesmo assim não alcançar os resultados esperados. O caminho de estudar sem cessar, “feito um louco”, é o caminho que muitos jovens seguem, mas isso não quer dizer que trará bons resultados.

Busque por mais

Faça parte da galera Share.

Últimas vagas para 2019, garanta a sua!