O que fazer se não estiver gostando do meu curso?

Entrar em um curso universitário requer muita dedicação e estudo. Afinal, a prova do vestibular é concorrida. Contudo, não é só esse o desafio. Escolher o curso certo pode ser complicado para muitas pessoas.

Por isso, é comum que elas façam pesquisas sobre as profissões, sobre os cursos e como será a vida acadêmica. Mesmo assim, não é raro o caso no qual a pessoa começa a estudar e nota que não é bem aquilo que quer para a sua vida. Isso é ainda mais frequente nos primeiros anos de faculdade quando, muitas vezes, as disciplinas podem parecer cansativas.

A sensação de que não gosta do curso que escolheu pode acontecer. O que fazer nesses casos? Veja dicas para tomar a melhor decisão.

Não gosta das matérias do seu curso?

Se você está começando a estudar e não se identifica com as matérias do primeiro ano, tenha calma. Há muitos cursos que podem parecer um pouco confusos no início. Isso acontece porque no início da faculdade é preciso aprender disciplinas básicas que, inicialmente, podem não parecer importantes. Contudo, com o decorrer dos estudos, você vai notar que elas são essenciais.

Se o seu problema for com as disciplinas iniciais, a dica é ver o restante das matérias, nos demais períodos. Avalie para ver se gosta. Também converse com estudantes que já estão na metade da graduação, para ver se o mesmo aconteceu com eles e como fizeram.

Isso vai ajudar você a descobrir que não gosta do curso como um todo, ou se são as matérias iniciais que não agradam.

Mercado de trabalho

No geral, quem passa a se preocupar ou pode até se decepcionar com o mercado de trabalho, é o estudante que já concluiu mais da metade do curso. É o seu caso?

Nesse caso, avalie se a área de atuação da profissão escolhida não agrada a você ou se é a escassez de oportunidade que está desanimando. Lembre-se de que vagas de emprego não são fáceis em nenhuma área. Por isso, é preferível sair com um diploma de uma graduação que você gosta para brigar por um cargo depois.

Afinal, quem faz o que gosta tende a ter melhor desempenho. Do outro lado, se você não se identifica com as áreas de atuação da profissão escolhida, pode ser interessante pensar em mudar de curso.

E agora, mudou ou não mudo de curso?

Saiba que trocar de curso não é um problema e acontece com muitas pessoas. Porém, é importante identificar o motivo de você querer essa mudança.

Não faça nada no impulso. Avalie as condições atuais e o que você pode encontrar em um novo curso. Será que as dificuldades não seriam as mesmas?

Além disso, se só faltar um ano para completar, a dica é terminar antes de começar outro. Assim, você já sairá formado, com mais chances de conseguir trabalhar enquanto estuda.

Enquanto você ainda não se decidiu, confira dicas para montar um cronograma de estudos.

Share

Share Student Living

Leia também:

Bairro Consolação: 10 lugares para você visitar

Estudar horas e horas seguidas, virar a noite sem dormir para se dedicar totalmente aos estudos e mesmo assim não alcançar os resultados esperados. O caminho de estudar sem cessar, “feito um louco”, é o caminho que muitos jovens seguem, mas isso não quer dizer que trará bons resultados.

Busque por mais

Be part of the guys Share.

Latest vacancies for 2019, Guarantee yours!